Segurança na Construção Civil


O Decreto-Lei n.º 273/2003 estabelece regras gerais de planeamento, organização e coordenação para promover a segurança e saúde no trabalho em estaleiros da construção.

Atividades do Serviço de Segurança na Construção Civil

  • Coordenação da Segurança e Saúde em Projeto, o dono da obra deve nomear um coordenador de segurança em projeto quando o projeto da obra for elaborado por mais de um sujeito ou os trabalhos a executar envolvam riscos especiais ou se for prevista a intervenção na execução da obra de duas ou mais empresas;
  • Coordenação da Segurança e Saúde em Obra (CSO), o dono da obra deve nomear um CSO quando intervêm duas ou mais empresas, incluindo a entidade executante e subempreiteiros;
  • Plano de Segurança e Saúde (PSS), o dono da obra deve elaborar, durante a fase do projeto, o PSS para garantir a segurança e a saúde de todos os intervenientes no estaleiro;
  • Desenvolvimento do PSS, a entidade executante deve desenvolver e especificar o PSS em projeto de modo a complementar as medidas previstas, tendo em conta as especificações da obra a executar;
  • Ficha de Procedimento de Segurança, sempre que se trate de trabalhos em que não seja obrigatório o PSS, mas que impliquem riscos especiais, a entidade executante deve elaborar fichas de procedimentos de segurança para os trabalhos que comportem tais riscos e assegurar que os trabalhadores tenham conhecimento das mesmas;
  • Compilação Técnica da Obra, o dono da obra deve elaborar uma compilação técnica da obra que inclua os elementos úteis a ter em conta na sua utilização futura.
Contacte-nos para mais informações
Conheça todos os Serviços

Os granulados produzidos pela Globipedestal são unicamente comercializados em big bags.